SOBRE

Quando me tornei mãe e adentrei num universo totalmente inesperado, muito diferente do que eu supunha entrar, comecei a perceber o quanto nós, mães desta geração, precisamos de apoio para que os nossos valores e escolhas sejam honrados.

Percebi o quanto em essência trazemos o gérmen da revolução, enquanto que fora de nós encontramos um sistema obsoleto e que caminha a passos dificultosos para a igualdade de gênero, onde o mundo feminino seja devidamente respeitado.

A vivência da minha primeira viagem como mãe de forma muito contraditória, com uma cesariana desnecessária, falta de privacidade nos primeiros dias (que levou a dificuldades na amamentação) e falta de apoio, me fizeram vivenciar minha segunda experiência materna, nos primeiros anos, de forma muito mais conectada. Eu descobri que para sermos mães como queremos ser, devemos fazer escolhas ativas e condizentes com o nosso coração.

Todo esse descobrimento e luta, que perpassaram minhas três experiências como mãe, fizeram com que eu naturalmente ajudasse outras mães, amigas e leitoras do meu blog a também escolherem de forma ativa a vida que queriam ter.

Me formei doula, coach, educadora perinatal, doula pós-parto, facilitadora em aleitamento materno, e fiz outros cursos que me agregaram muito de forma teórica para que eu pudesse servir mais e melhor.

E comecei a atender mulheres presencialmente, o que, antes, fazia apenas de forma virtual, testemunhando experiências lindas de resgate do feminino, de conexão entre mães, pais e filhos e de reentrância de seres nesta terra-escola.

E a Mátria Maternagem Consciente nasceu assim, como resultado do meu renascimento como mulher-mãe, do meu redescobrimento como mulher transformada e transformadora, da minha união com outras mulheres, da força do feminino que transborda sua experiência e conexão em amor ao servir outras irmãs de caminhada.

Mátria, significa o poder da mãe, e é festejando o mátrio poder é que te sirvo mulher, irmã!

Namastê! Seja você! Conte comigo!

Com amor,

Mariana.